buscar
´

Nova Moto Guzzi V7 linha 2021 recebeu aumento de cilindrada pela primeira vez em 12 anos

As novas alterações para a icônica V7 na Europa foram anunciadas em dezembro de 2020. O modelo vai ganhar reestilização no farol, lanternas, painéis laterais, paralamas e saídas de escape. Assim como o painel de instrumentos, com elementos digitais. A marca também investiu em um eixo cardã mais robusto e iluminação completa por lâmpadas de LED.

Motos
8 meses atrás
Nova Moto Guzzi V7 linha 2021 recebeu aumento de cilindrada pela primeira vez em 12 anos

Conheça as novas atualizações da Moto Guzzi V7

A clássica Moto Guzzi V7 manteve preservando o estilo que a consagrou em seus quase 50 anos de história. As alterações estéticas da nova linha 2021 estão no escape, farol (que recebeu iluminação full-LED e DRL integrado), lanternas, painéis laterais e paralamas. O painel de instrumentos também foi renovado, trazendo tela LCD e preservando o visual retrô em um único mostrador circular.

Na parte mecânica, ela recebeu um aumento de cilindrada pela primeira vez em 12 anos de vida, o que também aumentou os dados de desempenho. O motor de dois cilindros em V longitudinal refrigerado a ar com 744 cm³, passou a ter 850 cm³, com isso, a potência subiu de 52 cv para 65 cv, e o torque foi de 6 kgfm para 7,3 kgfm, sendo que mais de 80% desse torque está disponível em 3.000 giros. A transmissão final é por cardã.

Moto Guzzi V7
Moto Guzzi V7

Moto Guzzi V7
Moto Guzzi V7

Moto Guzzi V7
Moto Guzzi V7

Moto Guzzi V7
Moto Guzzi V7

Moto Guzzi V7
Moto Guzzi V7

Enquanto a suspensão dianteira é a mesma, a traseira recebeu amortecedores mais largos da Kayaba. Os novos amortecedores têm curso maior e reforços de aço no quadro, além de selim de altura dupla e apoios para os pedais do piloto para incrementar a estabilidade e o conforto.

A nova Moto Guzzi V7 está disponível em duas versões: Stone e Special. A primeira está disponível nas cores azul, preto e laranja, enquanto a segunda vem na nova cor Blu Formale em contraste com cinza. O controle de tração também será de série para as duas configurações. O diferencial fica por conta das rodas, a Stone traz aros em alumínio e pneu 150/70 mais largo na traseira, enquanto a Special vem com rodas raiadas, reforçando seu visual clássico.

O início das vendas, assim como os preços, ainda não foram anunciados, mas a previsão de chegada na Europa é para ainda neste início de ano. No Brasil a marca italiana não tem representação oficial, mas no mercado argentino o modelo deve ser oferecido, visto que os hermanos possuem um distribuidor, a Motoplex.

Conheça a moto elétrica “baratinha” da Índia
Pelo valor equivalente a 8 mil reais, a nova moto elétrica teve todas as unidades vendidas rapidamente no mesmo dia em que foi liberada para compra. Embora não tenha sido...
O novo visual da Honda CG 160 2022
Com mais de 13 milhões de unidades produzidas, a CG é a motocicleta nº 1 do Brasil, e em comemoração aos 45 anos de produção toda a linha ganhou novo design. A Honda CG 160...
Kawasaki Ninja ZX-10R 2022 tem preço de R$ 97.990
Essa nova versão ganhou 10 mm de entre eixos, iluminação em Leds, pinças novas no sistema de drenagem, além do reservatório de óleo. Foram realizados também alguns...
A nova geração da aventureira Honda CRF 1100L Africa Twin
Em relação a tecnologia o destaque está no centro da moto e chama-se IMU (Unidade de Medição Inercial). O dispositivo lê parâmetros relativos à altura, inclinação em...
Conheça o novo pacote M Carbon para a S 1000 RR
Os componentes Premium M Carbon em fibra de carbono são: capa da corrente e do pinhão, carenagens superiores e para-lamas dianteiro e traseiro, além de rodas em fibra de...

O Fusne é um site para quem ama internet, nós somos especializados em testar apps e tudo mais que envolve tecnologia. O que você vai encontrar por aqui é escrito por humanos, que vivem fazendo compras online, assim como você, então entende as suas dificuldades e felicidades nessas horas. O material do Fusne é testado várias e várias vezes pela equipe...